Arquivo da tag: Georgia Jagger

LARA STONE PARA VOGUE PARIS DE FEVEREIRO, POR MARIO SORRENTI

Fazia um bom tempo que não postava nada sobre a musa do blog, então fiquem com a prévia do que será o editorial de Lara Stone para a Vogue Paris de fevereiro.

Linda, linda. Lembra bastante a Jerry Hall, uma das primeiras supermodelos do mundo, e ex-mulher de Mick Jagger, mãe da Georgia Jagger.

E pelo que tudo indica, os anos 70 disco music estão voltando com tudo nessa vida!

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , , , , , , ,

ROCKER BOMBSHELL

Continuando com alguns editoriais incríveis – ou não – que apareceram nas edições de outubro, ou virão ainda em novembro, Georgia Jagger – sim, filha do Mick Jagger – aparece jovem na Harper’s Bazaar americana desse mês. Georgia, querida do nosso também querido Karl Lagerfeld, tem diástema – aquela separação dos dentinhos da frente – , é loira bombshell, tem um feeling transgressor rocker Brigitte Bardot. É linda. Mas parece às vezes que falta aquela vivacidade, ou até multiplicidade de postura.

Ganhou o prêmio de melhor modelo do ano de 2009 pela British Fashion Awards, concorrendo com Daisy Lowe e Rosie Huntington-Whitley.

Para quem não sabe, a mãe é Jerry Hall, uma das primeiras supermodelos que esse mundo já viu. Filhinha do papai maravilhosa em P&B.   + Lara: http://tinyurl.com/362e75k

Etiquetado , , , , , , , ,

Georgia May Jagger, fazendo a glam entediada, na September Issue da W Magazine.

60s + meia baixa com sapatos (tendência eterna desse ano) + veludo brilhante riqueza + glam rock a la Balmain + alfaiataria + sapato maravilhoso da última foto.

Gostei bastante do styling não literal de tudo, ficou retrô encontrando o sincretismo.

E a Georgia tá Brigitte Bardot demais.

Etiquetado , , , , , , , , , ,

Chanel Cruise lookbook com Georgia Jagger.

A coleção Chanel cruise 2010/2011 foi criada a partir de uma grande influência hippie, dos anos sessenta e também um tanto boho, setentista.

É possível observar cruissards – aquelas botas que batem na altura da coxa, sabem?- , caftãs de tecidos esvoaçantes, um pouco de metálico, shorts – de cós alto e também hot pants-, aquele marrom 70′, muita flor, tricô e franjas.

Os comprimentos variaram de um mini short, de cintura alta, ao caftã de mangas longas e na altura do tornozelo. Os tecidos variaram do chiffon ao jeans e ao tweed.

No desfile, em St Troppez, apresentaram-se, em destaque, a modelo – filha de Mick Jagger- Georgia May Jagger e a plus-size Crystal Renn.

O catálogo, assim como o curta-metragem de apresentação da coleção, foram criados e executados pelo kaiser Karl Lagerfeld.

Tem quem não gosta da Georgia. Há comparações diversas com a Lara Stone, ou dizem que ela é voluptuosa demais. Ou até rocker demais para ser Chanel.

Pelo contrário, acredito que ela difere um tanto bom da Lara e que a Chanel hoje é hi-lo o suficiente, globalizada o suficiente, para que Georgia May porte sua logo.

Crystal Renn

marrom 70's + cruissards

metalizados + marrom 70's + cintura alta + tweed

caftã esvoaçante com estampa

Karl investiu pesado no camelismo e no passado, de forma geral, criando peças sem muita expressão.

A Chanel Cruise já nasceu datada e envelhecida.

Etiquetado , , , , , , , , , , , , ,

Bom dia com Georgia Jagger.

Bom dia Georgia Jagger.

Você que é filha do Mick Jagger, musa da Versace e capa da Vogue, mas tem que estudar para tirar A em Sociologia, Fotografia e Artes.

Se fosse eu, nem me dava o trabalho.

BRINKS! educação é fundamental :*

Emoção! além de ter os dentinhos separados, gosta de meia-calça rendada, alfaiataria e batom vermelho e cabelão de lado AMO!

Etiquetado , , , , , , ,
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: